Grupos de apoio a ansiedade e depressão ajudam jovens

Apesar de ser considerada um dos principais males do século XXI, a depressão ainda é um desafio para médicos e psicólogos. E a cada dia, mais jovens apresentam sintomas ou são diagnosticados com a doença e tem buscado os grupos de apoio ansiedade e depressão.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 300 milhões de pessoas sofrem com o problema. No Brasil, o número de casos entre jovens de 15 a 29 anos cresceu em 18,4% nos últimos anos.

Com o objetivo de ajudar quem luta contra a depressão, jovens estão se reunindo em grupo para conversar, trocar experiências e dar apoio para a superação da doença. Eles marcam encontros, conversam pela rede social e ainda buscam ajuda profissional.

Dentro do que já existe sobre a área, os grupos tem sido um excelente alternativa para ajudar os pacientes a terem mais tranquilidade para superar os sintomas da depressão e terem melhor qualidade de vida.

 

Grupos de apoio a ansiedade e depressão ajudam jovens

Grupos de apoio a ansiedade e depressão ajudam jovens

 

A importância dos grupos de apoio a ansiedade e depressão

 

Temos notado um aumento substancial da quantidade de pessoas que tem aparecido para que os jovens possam compartilhar suas dificuldades e darem apoio mutuamente.

Em encontros que são semanais, os indivíduos são estimulados a contarem como estão lidando com o tratamento e como tem convivido com as crises de depressão e o que tem feito para superar estes momentos.

Com esse compartilhamento de informações, outros jovens que estão começando a ter a depressão já sabem como funciona o problema e quais os atalhos para superar esta fase.

Deve-se lembrar que o tratamento dos grupos de apoio ansiedade e depressão não substituem o tratamento medicamentoso e o acompanhamento clínico do psicólogo e do psiquiatra.

 

IMPI: Um parceiro para te ajudar

 

Se você busca a melhor orientação para tratar a depressão, conte com quem tem experiência e competência no que faz. Agende no site com um de nossos profissionais e veja porque no IMPI, a depressão não tem chance com a nossa equipe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *