Avaliação Neuropsicológica e seu papel no tratamento para depressão

Existem muitas opções de tratamento para depressão. Entre elas a estimulação magnética transcraniana para estimular a região cerebral e diminuir os sintomas. Porém, a depressão pode estar atrelada ao desempenho cognitivo do indivíduo, de forma a alterar a sua capacidade de conviver em sociedade.

Na maioria das vezes, a situação cognitiva da pessoa se altera por causa da depressão. Dessa forma, para identificar se há mudanças cognitivas, a solução é realizar a avaliação neuropsicológica. E, posteriormente, encaminhar os passos necessários para o tratamento do paciente. Vamos conhecer quais as vantagens do exame.

Como funciona o exame?

A avaliação neuropsicológica é capaz de analisar e desenvolver um perfil de desempenho cognitivo do paciente.  Além disso, é capaz de avaliar possíveis alterações, que podem vir de desordens neurológicas e outros transtornos.

A avaliação traz informações que podem ser valiosas para o tratamento do paciente e serve como exame complementar para o tratamento da depressão. Informações sobre desempenho ocupacional, na hora de aprender coisas novas e no comportamento com familiares e amigos.

Geralmente, a avaliação é feita em pacientes com danos cerebrais advindos de outros traumas, ou por quem deseja verificar o desempenho mental em fases da vida, quando prescritos pelo médico psiquiatra ou do psicólogo.

Existem dois tipos de avaliação neuropsicológica:

  • Avaliação cognitiva

Com esse exame, é possível conhecer a fundo como funciona a atenção, a memória, a linguagem e outras funções, como controlar o dinheiro, fazer um planejamento, a organização, entre outros níveis do paciente.

As informações prévias fornecidas pelos familiares podem ajudar a definir um quadro clínico do mesmo e a partir disso, o psiquiatra ou o psicólogo pode definir o tratamento adequado.

  • Funções executivas e cognição social

Mais comum em crianças, ele consegue avaliar em uma bateria de testes sua capacidade de maturidade e mensurar suas habilidades multitarefa. Ou seja, é possível mapear as características sociais e tratar anomalias que possam existir, como falta de controle, humor, e quadros depressivos que podem se ampliar no futuro.

Avaliação neuropsicológica e o tratamento para depressão

É importante que alguns sinais chamem a atenção dos familiares e que estimulem a busca do especialista para avaliação neuropsicológica. São eles:

  • Desordens neurológicas, como quadros de demência, AVC, traumatismo crânio encefálico, como outros;
  • Tiver dúvidas sobre a capacidade do familiar de dirigir automóvel, trabalhar, estudar, viver com independência;

A avaliação neuropsicológica pode ser a chave para o diagnóstico e o tratamento para depressão adequado ao paciente. Sendo assim, devemos lembrar que não existe um padrão de exame para todas as pessoas. Cada exame é adaptado para as necessidades do paciente e o resultado é único, podendo ter várias soluções para situações diferentes.

É importante que a escolha do profissional seja feita com excelência. Portanto, saiba que o IMPI te ajuda com uma rede de especialistas de extrema eficiência e qualidade no atendimento. Temos médicos psiquiatras e psicólogos competentes e que realizam o melhor atendimento para o seu caso.

Agende sua consulta e previna os sinais de depressão com a nossa expertise e experiência no ramo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *