Daily Archives: Julho 18, 2019

Agência de Marketing Digital no Ipiranga – Conheça a Agência 3xceler

Published by:

O termo “digital” é relativo a palavra “dígito” que, por sua vez, surgiu graças a forma como um sistema de computador funciona, baseado na lógica binária, que consiste no fato de que toda informação deve ser expressa na forma de dois dígitos, o 0 (zero) ou 1 (um). Elucidamos isso aqui porque, ao que parece, em algum momento do processo do surgimento do Marketing Digital, os conceitos de marketing (comunicação), estão sendo substituídos pelos da lógica digital, dos números 0 e 1, porém, o Marketing Digital é feito sobre experiências e não sobre números.

Embora os números sejam importantes, o marketing, mesmo o digital, não é uma ciência exata. Ela é proveniente das ciências humanas e suas estratégias elaboradas por meio das experiências das pessoas em seu cotidiano.

Mas não é bem assim que o marketing digital tem sido tratado de uns tempos para cá. 

E isso é um problema?

Sim, é um problema. Um movimento desenfreado está em andamento, de maneira que o pêndulo oscilou longe demais na direção dos números, com programas de marketing digital tornando-se em excesso dependentes de métricas e números.

Só porque podemos medir mais, não significa que devemos ou que a atribuição é correta. Na verdade, basear-se unicamente sobre a ciência do marketing digital para empurrar conversões, faz mais mal do que bem, criando repetíveis, seguros, chatos, e indiferentes presenças de marcas. A criatividade se esvai e leva com ela as frases e imagens que se fixam nas mentes dos consumidores.

Pior ainda, com um excesso de dependência em métricas e números, estratégias de marketing correr o risco de ser puramente focada em uma conversão. Esta estratégia pode criar uma experiência de marca desarticulada e pobre.

Não me interpretem mal; números ainda são importantes para medir o sucesso e identificar tendências. Você não pode executar um programa de marketing digital sem eles.

O problema é utilizar os números como o fim de tudo, e não como um meio para o fim. Sem contexto algum para o meio que representam, o marketing (esqueça o digital nesse momento).

Como profissionais de marketing digital, precisamos olhar além das conversões e abraçar a arte do campo para criar experiências digitais notáveis, memoráveis e duradouras.

Como proceder?

Números ainda são importantes. Não há dúvida. E eles precisam ser alinhados com os objetivos de negócios e anexado as métricas de sucesso para objetivos conceituais.

Mas, eles não são tudo e não devem ser o único foco de uma estratégia de marketing digital. Em vez disso, eles precisam ser vistos como representações de eventos, indicadores e conceitos, enquanto que as audiências devem ser consideradas como pessoas reais e não apenas números em uma planilha para conquistar em um funil de conversão.

 O foco real de programas de marketing digital deve ser sustentado nas experiências da marca ao longo de vários pontos de contato com sua audiência. Essas experiências, postas de forma coerente e consistente, constroem a identidade da marca, gerando empatia e o tão desejado engajamento.

Em última análise, a lição é esta: Não perseguir números. Perseguir experiências de marca diferenciadas e notáveis.

Para conhecer mais a Agência 3xceler, uma empresa com mais de 6 anos de mercado e com inúmeros casos REAIS de CASOS DE SUCESSO. Acesse o link marketing digital no ipiranga.

FONTE: https://www.3xceler.com.br/blog/planejamento/marketing-digital-e-feito-sobre-experiincias-e-nao-sobre-numeros